Seguir por e-mail

quarta-feira, 30 de março de 2011

Intimidade #2

Fonte: http://www.bsbinlux.com.br/
Maria Helena Matarazzo, sexóloga e socióloga, especialista em terapia de casais, apresenta em seu livro Amar é Preciso: Os Caminhos para uma Vida a Dois, a intimidade genuína entre homens e mulheres como uma troca de autenticidade. Segundo ela existem vários tipos de intimidade:

1. Intimidade Intelectual: é a capacidade do casal em trocar idéias, fazer juntos boas leituras, dividir conhecimentos.

2. Intimidade Emocional: é o quanto o casal consegue dividir um com o outro seus sentimentos e emoções, assumir tristezas e inseguranças.

3. Intimidade Interior ou Intra-interior: é o quanto o casal consegue ficar juntos sozinhos, curtindo um ao outro.

4. Intimidade Estética, Ambiental: é a capacidade do casal de dividir momentos ambientais como o pôr-do-sol, luar, curtir o campo, etc.

5. Intimidade Vocacional: é o quanto o casal consegue compartilhar sobre o trabalho, dificuldades e vitórias.

6. Intimidade Social: é a capacidade do casal em vivênciar juntos momentos de lazer com os amigos.

7. Intimidade Sexual: é o quanto o casal se envolve sexualmente, não só no ato, mas constantemente, com carinho, ternuras, abraços.

"A qualidade de um vínculo se mede pelo nível de trocas que o casal é capaz de fazer. Meus laços com meu companheiro dependem de como e de quantas maneiras estamos conseguindo nos comunicar e estabelecer a troca" (MATARAZZO, 1992).
Referência
MATARAZZO, M. H. Amar é Preciso: os caminhos para uma vida a dois. São Paulo: Editora Gente, 1992.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Uma dessas hilárias DRs entre pai e filha

Um pai entrou no quarto da sua filha e encontrou uma carta sobre a cama que dizia o seguinte:

“Queridos pais, Com muita pena sou obrigada a confessar que fugi com o meu namorado. Encontrei o amor da minha vida! Estou absolutamente fascinada com os seus piercings, cicatrizes e tatuagens. Mas não é só, estou grávida de gêmeos… Aprendi também que a maconha e a cocaína não fazem mal a ninguém. Só rezo para que a Ciência encontre a cura da AIDS, o Joaquim merece. Não se preocupem com o dinheiro, o Joaquim conseguiu que eu entrasse em um filme com uns amigos: posso ganhar até R$ 50,00 a hora! Se for com mais de três homens são R$ 200,00! E se entrar o pastor alemão do Joaquim aumenta para R$ 300,00! Mãe, não se preocupe… Já tenho 15 anos e sei cuidar de mim mesma. Com muito carinho, Silvinha.”
PS: Pai, é uma brincadeira! Estou vendo televisão na casa da vizinha. Eu só quis mostrar que há coisas piores do que as minhas notas…

Resposta de pai:
“Entreguei a carta para tua mãe ler e ela teve um AVC. Ela está internada no CTI, entre a vida e a morte. Por causa disso e a conselho dos meus advogados, você foi retirada do testamento. Todas as coisas do teu quarto foram doadas e também mudamos a fechadura da nossa casa. Não tente usar o cartão de débito, porque a conta já foi cancelada. Cancelamos também seu celular. Demos também a tua coleção de CDs para sua irmã. Podes começar também a pensar em trabalhar. Com a tua idade e com esse corpinho estou certo que trabalho não vai faltar, apesar da concorrência das profissionais. Enfim, espero que seja muito feliz na tua nova vida. Seu Pai.”
PS: Filha querida, claro que é tudo uma brincadeira. A tua mãe está aqui comigo vendo novela. Só queríamos mostrar a você que há coisas bem piores que passar as próximas 3  semanas sem sair de casa, sem ir ao shopping, sem internet e sem ver televisão por causa das tuas notas e dessa tua brincadeira de merda…

Tricotando #2

Foi a noite mais louca de sua vida, disse ela. Suas duas paixões estavam lá, lado a lado, olhando para ela sem nem ao menos imaginar que eram rivais. Ela sem saber o que fazer, estagnada gargalhava. Tremia e ria. Um representava um tempo de liberdade, sem compromisso, aventuras sem medidas, loucuras e travessuras... o outro um novo tempo, de cumplicidade e companheirismo, familia, filhos...

Não conseguiu se decidir, num rompante desapareceu... ninguém sabia onde estava. As paixões? Ficaram lá sem entender nada. Olharam para os lados e foram curtir a noite. O dono da liberdade não demorou a encontrar outra atração e o cumplice companheiro, não aguentando a solidão, foi para casa. E ela? Quem tudo quer nada tem. Sozinha, terminou a noite com as amigas num bar.

domingo, 20 de março de 2011

Como os Homens e as Mulheres Discutem as Relações?

Como vocês vêem os casais discutindo as relações depois de um tempo de envolvimento? Vocês acham que existe uma maneira adequada de discutir a relação? Será que homens e mulheres discutem as relações da mesma maneira?

A repostagem do Hoje em Dia da Rede Record apresentado em janeiro/2009 pode responder a essas questões:


Tricotando #1

"Ela gostava de estar com ele, ele gostava de estar com ela. Isso era tudo."

sábado, 19 de março de 2011

Fimes #2 - Sexo sem Compromisso

No Strings Attached
 
Uma comédia romantica onde Adam (Ashton Kutcher) anda meio enrolado com as mulheres e não há nada que o prenda num relacionamento. Emma (Natalie Portman) trabalha muito num hospital e mal tem tempo para encontrar seu amor. Os dois eram grandes amigos até o belo dia em que resolveram ter uma transa, sem compromisso, e o que parecia ser uma boa "válvula de escape" começa a ganhar contornos de algo mais sério e o que era somente amizade pode se tornar em um grande romance. Resta saber se isso pode ou não dar certo.
 
 

Filmes #1 - Esposa de Mentirinha

Just Go With It
 
Uma comédia dirigida por Dennis Dugan, conta com um bom elenco, como Adam Sandler e Jennifer Aniston; traz a história de um cirurgião plástico que de caso com uma professora bem mais jovem, pede à sua leal assistente que finja ser a esposa de quem ele está se divorciando para encobrir uma mentirinha casual. Após mais mentiras que saem pela culatra, os filhos da sua assistente também acabam envolvidos, e todo o grupo parte para um fim de semana no Havaí que mudará as vidas de todos eles.
 

terça-feira, 15 de março de 2011

Amigos, amigos! Negócios a parte!

Fonte: http://aulasdeinglesgratis.blogspot.com/
Todos nós em algum momento de nossas vidas usamos essa expressão: "Amigos, amigos! Negócios a parte!", afinal misturar amizade com negócios pode dar um trabalho danado.

Infelizmente nem todo mundo pensa assim, e é aí que uma das relações mais bonitas dos seres humanos, a AMIZADE, vai por água baixo, porque o NEGÓCIO, pode falar mais alto.

As pessoas se esquecem que diante das situações, muda-se os papeis e que por mais amigos que se sejam, o que vai predominar é o papel mais importante para a situação, que no caso dos negócios será a função desempenhada: FUNCIONÁRIO, PATRÃO, LÍDER, EMPRESÁRIO, SÓCIO, CLIENTE... tudo menos AMIGO.

Eu sei que em determinados momentos a relação de AMIZADE acaba trazendo a relação de NEGÓCIO, mas é preciso saber separar muito bem os papeis, a pessoa pode ser um ótimo AMIGO, que fica horas conversando com você num churrasco, que te liga sempre que pode para saber como você está, que nunca brigou com você ou outros no jogo de futebol, que é padrinho/madrinha de um dos seus filhos, e tal; mas como cliente pode ser um mal pagador, como funcionário pode ser descomprometido, como sócio pode ser desorganizado e sem planejamento.

Portanto, se decidir dividir com um amigo um negócio, deixe bem claro que "Amigos, amigos. Negócios a parte!" e boa relação!

sábado, 12 de março de 2011

Intimidade #1

Nas relações a intimidade nos permite muitas coisas, por exemplo: dizer o que pensamos sem preocupação de ser mal entendido, mal interpretado, afinal somos intimos e o outros nos perdoará com facilidade.

Entre pais e filhos, a intimidade nos permite contar segredos nunca antes revelado: "Então, ontem, mãe, eu saí com aquele carinha legal que te falei, e rolô, sabe? Aconteceu... transamos! foi irado..." E o pai: "Filha, eu e sua mãe não estamos nos dando bem e eu encontrei uma pessoa legal, e agora vamos morar juntos e tal... é sua amiga de infância, a Bia" \o/

Pois é, a intimidade é uma tanto quanto intrometida: "Oh, meu irmão, até semana passada essa república só tinha 5 moradores, de onde surgiu esses outros 10 moradores?"

E é um tal de "pum", "arroto", ir no banheiro de porta aberta, comer na sala, vestir cueca furada e camiseta rasgada... uma lista de coisas que não faríamos sem a intimidade.

Para ilustrar esse intimidade, segue um vídeo:

sexta-feira, 11 de março de 2011

As Relações

Existem muitas formas de relacionamentos: familiar, amigável, amoroso, profissional, sexual, social... O viver com, não é apenas uma escolha, é uma imposição do mundo, afinal não dá pra viver sozinho. O tempo todo estamos em contato com alguém, seja essa relação apenas ocasional ou constante.

Muitos tentam fugir das relações, os chamamos de anti-sociais, são pessoas que não querem conviver, então se isolam ou isolam o mundo. De certa forma isso é possível, mas assim só o é, porque as relações existem de forma restrita, acontecem apenas quando muito necessário, mas acontecem.

Algumas pessoas conseguem se relacionar muito bem com outras, sem muitas dificuldades, são pessoas flexíveis, de uma capacidade de aceitação e tolerância invejável. Outras, conseguem se incomodar com o outro com um simples bom dia, são pessoas intolerantes, inflexíveis e que não aceitam as diferenças. Também existem pessoas que são neutras, indiferentes com as relações, não se incomodam com as diferenças como também não as usa a seu favor, são simples relações.

Cada um do seu jeito, as pessoas vão construindo formas de viver em sociedade, em família; vão aprendendo com cada experiência e transmitindo suas histórias para que outros repitam suas ações ou não cometam seus erros.

E quem aqui não discutiu uma relação? Se não, também não as viveu. Desde a infância negociamos, reclamos, opinamos, apontamos o que o outro é e faz em nossas vidas.

Conviver é uma arte que se aprende todos os dias e eu espero aprender muito aqui com vocês, através de várias DRs (Discussões de Relações).

Estou amando!!! bjs