Seguir por e-mail

terça-feira, 26 de julho de 2011

Relação com a Vida

Sinceramente eu não gosto de "chover no molhado", muito menos de ficar "batendo na mesma tecla", mas não posso deixar de falar da morte de Amy Winehouse na madrugada do último sábado (23/07/2011); pois percebi que muito se discute com a relação que temos com o outro e muito pouco com a relação que temos com nós mesmos.

http://rebobine.wordpress.com/
O que levou Amy Winehouse a morte ninguém tem certeza, mas o caminho pelo qual ela passou até lá, todos nós sabemos!!!

A discussão aqui não é a Amy e nem sua morte, mas a relação com a vida. Qual a relação que temos com a nossa vida? O que temos feito para preservá-la, garantindo o direito de continuar vivendo?

Essa relação com a vida é simples e complexa ao mesmo tempo, pois da mesma forma que basta comer, beber, vestir e ter um lugar para morar, é necessário enfrentar os dilemas existenciais: ser ou não ser, ter ou não ter, ir ou não ir, fazer ou não fazer!

Acabamos sendo, tendo, indo e fazendo o que menos desagrada aos outros, o que menos causa problemas de convivência e o que menos faz efeitos prejudiciais ao mundo. Mas, e a nós, o que tudo isso causa?

A Relação com a Vida, precisa ser baseada em muito amor. Amor esse, que para se ter, primeiro foi preciso receber, dos pais, dos irmão, dos amigos... Amar não é só uma questão de valor, princípio... é preciso aprender a amar... e também envolve autoconhecimento, percepção e aceitação.

Muitos dizem que dinheiro não é tudo, eu diria, é quase nada... apenas um meio para se conseguir o que se quer, e mesmo com muito ainda corremos o risco de se querer algo que não se compra, como a felicidade.

Acredito que a Amy Winehouse descobriu isso cedo. Ela deve ter percebido que toda aquela fama e dinheiro não dariam a ela o amor, o amor a si mesma, e acabou se matando aos poucos. Sinto muito por isso, é claro, mas que sirva de lição a todos nós: a vida precisa de amor, do nosso amor, o resto são só conseqüências disso.


terça-feira, 19 de julho de 2011

Relação de Primas

Família, com certeza é uma das coisas mais maravilhosas que existem na vida. Claro que existem problemas, diferenças e até desentendimentos, mas são só pequenos detalhes diante de tantas coisas boas.

Agora, a relação de primas em particular é a melhor... Desde de crianças aquele grude!



Sempre tendo histórias pra contar!


Dividindo as mesmas emoções!


Compartilhando segredos!


Disputando quem será a mais bonita da foto!


Curtindo os descendentes!


E é claro, fazendo arte!


Ah, como é boa a relação de primas!

Ter primas é ter com quem contar naquelas horas, boas e ruins... é fazer chá da tarde só pra poder colocar a fofoca em dia; é poder ter desculpa para sair do regime em plena segunda à noite naquele jantar gostoso da tia, rs... é poder deixar recadinhos no facebook, orkut, twitter... é esperar as fotos daquele dia tão gostoso que passamos juntas... é disputar o cargo da sobrinha preferida... é compartilhar, até as mesmas profissões, é sentir saudades... é relembrar daqueles dias que estão tão distantes nas nossas histórias, mas tão presentes em nossas lembranças... é fazer parte das formaturas, casamentos, batizados dos filhotes... é estar sempre perto, mesmo quando se está tão longe... é sentir muito quando percebemos que a vida nos levou para caminhos diferentes, mas sentir muito também, em saber que mesmo assim, ainda somos tão presentes... é amar sempre, sempre, sempre!!!

Espero ter por toda vida essa relação maravilhosa de primas.

Obs.: Infelizmente não tinha fotos de todas as minhas amadas primas, mas todas, sem exceções, estão inclusas nesse texto e no meu coração!

domingo, 17 de julho de 2011

Qual a sua relação com o Meio Ambiente?

Sempre que pensamos em relação, pensamos em pessoas; mas as relações vão além dos relacionamentos humanos. Nós temos relações com os animais, com os materiais e com o meio ambiente.

Hoje, pensar nessas relações é tão importante quanto pensar nas relações humanas. Dependendo de como nos relacionamos com o mundo de forma geral, alteramos o nosso cotidiano e o nosso futuro nessa vida. Por isso, fico muito feliz quando vejo as ações de preservação e cuidados com os recursos naturais, principalmente das crianças.

Minha sobrinha de 10 anos, Giovana Bernardes, escreveu esse poema, que eu faço questão de dividir com todos vocês;

http://cardiine.blogspot.com/
Se a Natureza fosse Gente!

Se a natureza fosse gente,
Ela ia bater à sua porta e dizer:
_ Estou em perigo! Preciso de ajuda!
Mas, o que você iria fazer? Você iria escutá-la?

A Natureza é a nossa casa.
É também o lar de todos nós.
Se descuidarmos dela, o que será dos seres vivos?

Você gostaria que acontecesse o mesmo com você?
É, também acho que não é legal!

Por isso devemos cuidar dela.
Porque sem ela, não vivemos!

Cuide bem da Natureza!!!

E ai, qual a sua relação com a Natureza?