Seguir por e-mail

sábado, 7 de maio de 2011

Amor Incondicional


Fonte: http://terapiadoamor.org/
Aproveitando o Dia das Mães que será amanhã, resolvi discutir um tema que envolve o amor maternal, o AMOR INCONDICIONAL. Já ouvi várias opiniões a respeito desse amor, positivas e negativas. Então, vamos refletir nesse texto sobre as possibilidades de se viver um amor como esse!!!

Espiritualmente falando, o Amor Incondicional é o amor de Cristo por todos nós, um amor que vai além da compreensão humana, que coloca o objeto de amor a frente da sua própria vida. É um amor carregado de compaixão, compreensão, perdão, tolerância e desapego.

Para Psicologia o Amor Incondicional é aquele que supera qualquer condição imposta pelos outros, sociedade, cultura, tradição e valores; que aceita qualidades e defeitos, acertos e erros, tolera as diferenças e as escolhas realizadas pela pessoa amada. Seria o amor perfeito e mais difícil de ser vivido, porque coloca de lado o eu para priorizar o outro.

O Amor Incondicional, como a própria expressão já diz, tem como principal característica o não impor uma condição a pessoa amada, não tem cobranças... É um amor puro e de doação total. Por isso é tão difícil de ser compreendido e de se acreditar existir quem o tenha.

O Amor Maternal pode chegar a ser um amor Incondicional, porque as mães deixam de lado suas vontades para atender as necessidades de seus filhos, aceitam suas escolhas pessoais, profissionais e amoras; porque percebem as imperfeições, mas não se incomodam com elas, entre muitos outros atos autruistas.

Mas, tem quem diga que o Amor Incondicional é impossível, pois exige de quem o doa, anular sua vida, suas opiniões e valores. Deixar o outra fazer e desfazer. Que mesmo os pais não conseguem se doar tanto assim.

E você!!! Acredita que o Amor Incondicional é possível? Deixe sua opinião!!!

Referência